≡  

Livro | O Chamado do Cuco, de Roberth Galbraith

Faz tempo que eu não falo de livro aqui no blog, né? Isso porque eu estava mesmo sem tempo pra ler nada, mas com a mão de alface que eu tava por causa do dedo quebrado, que não me deixava fazer nada, resolvi investir em um livro que eu estava querendo há muito tempo – e não me arrependi nem um pouco!
“O Chamado do Cuco” em pouco tempo virou best seller mundial, e um dos motivos se deve à pessoa que escreveu esse livro. Aí você pensa “mas quem é esse Robert Galbraith que eu nunca ouvi falar?” e eu te respondo: é o pseudônimo da escritora de uma das séries mais famosas da atualidade, J.K.Rowling, que escreveu as histórias de Harry Potter!
Sério, me chamem do que quiser, mas sou Potter maníaca assumida, e, como todos os órfãos da série do bruxinho mais famoso do mundo, estava doida pra ler qualquer coisa que a Rowling lançasse, podia até ser a lista de compras dela hahaha! Ela lançou o livro “Morte súbita”, mas eu ouvi tanta gente falando mal desse livro que coloquei ele lá no final da minha wishlist. Agora, com “O Chamado do Cuco” a repercussão foi outra – primeiro porque trata-se de uma história destinada para o público adulto (por isso o pseudônimo, já que o nome dela é conhecido dentro do público infanto-juvenil, saca?), e segundo porque mostra que a autora continua super afiada e cheia de gás pra escrever histórias que deixam a gente com vontade de não largar o livro por um minuto!
Vamos então ver sobre o que se trata o livro:
“Quando uma modelo problemática morre numa queda de uma sacada da Mayfair coberta de neve, supõe-se que ela tenha cometido suicídio. O irmão, porém, tem suas dúvidas e pede ao detetive Cormoran Strike para rever o caso. Strike é veterano de guerra – ferido física e psicológicamente – e sua vida é uma confusão. A investigação lhe dá um salva-vidas financeiro, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no complexo mundo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas – e mais perto ele chega de um perigo terrível.”

Esta sinopse encontra-se na contracapa do livro
Minha opinião:
O livro é o primeiro romance policial da autora, e ela segue a mesma linha super bem escrita e detalhista com que conduziu toda a série de Harry Potter. O detetive Cormoran Strike é um personagem muito curioso – não tem nenhum atrativo físico ou currículo invejável que o tornem um herói, mas é tão inteligente que você não consegue deixar de prestar atenção nele -, e, junto com sua secretária Robin, vão nos deixando cada vez mais presos na história. A cada entrevista que Strike fazia com os suspeitos, me deixava com meu “senso de detetive” aguçado, queria muito seguir a linha de raciocínio dele pra descobrir quem era o/a/os assassino/a/os. Já aviso que errei feio o meu palpite, e, quando finalmente foi revelado quem matou a modelo, eu fiquei tipo:
Resumindo: o livro é MUITO bom, do tipo que você não sossega até chegar ao final! Recomendo demais, nunca fui de gostar de romances policiais, mas esse ganhou meu coração. E a autora já declarou que o detetive Strike também vai ganhar uma série! A continuação do primeiro livro, com o título de “The Silkworm” (ainda sem tradução), deve chegar aqui no Brasil em Novembro, e eu já estou contando os dias hehe!
E vocês amores, alguém já leu esse livro também? Gostou?
Beijos!
Siga o blog nas redes sociais
Facebook | Instagram | Youtube

ÚLTIMOS VÍDEOS DO CANAL