≡  

A verdadeira dica infalível para conquistar “aquele cara”

verdadeiradicainfalivel-belezamista-01

Hoje o papo é sério – tá, mais ou menos porque eu não consigo ser muito séria, né?

Sabe uma coisa que me irrita de verdade quando o assunto é conquistar um cara?

As regras e obrigações que, involuntariamente, nos são impostas nesse jogo de conquista.

Quem nunca viu algum artigo com o título “Dicas infalíveis para conquistar aquele cara”, “Como saber se ele realmente está afim de você” ou “Truques para não errar no primeiro encontro” que atire a primeira pedra.

Já disse em alguns textos aqui no blog que voltei à vida de solteira recentemente, depois de quatro anos namorando. E às vezes, eu juro por Deus que me sinto um alienígena que pousou na Terra com a missão de aprender a conquistar alguém! Porque, numa boa, eu não tenho nenhuma vontade de seguir o “padrão” que todas nós somos meio que obrigadas a seguir ao ir em um primeiro encontro!

Há algumas semanas, estava na casa de uma amiga minha porque ia dormir lá, quando um cara com quem conversava  há algum tempo finalmente me chamou pra sair. Eu havia levado poucas opções de roupas (a maioria no estilo “roupa de ficar em casa” e também “roupa de shopping”), mas honestamente, não estava me sentindo despreparada. Vesti uma blusinha que gostava, uma calça jeans, sapatilhas e tava pronta. Quando mostrei meu look para minha amiga, ela prontamente me disse:

“Ahhhhh, de jeito nenhum que você vai desse jeito! Está parecendo uma freira, tem que ficar mais sensual pra um primeiro encontro.”

Sensual? Calma, amiga, eu não sei ser sensual nem na vida!

Mas, vamos lá…

Em poucos minutos, ela havia me emprestado roupas de seu guarda roupa, alguns acessórios e eu mudei o look completamente, ficando super produzida e… “Sensual”.

Ok, eu não me sentia muito confortável – pra falar a verdade, eu usaria aquele look pra ir em uma balada ou festa, não num primeiro encontro – mas… Ok, vamos lá.

Na hora de me maquiar, a vontade que eu tinha era de fazer o básico, praticamente sair com a cara lavada. Mas me obriguei a fazer uma produção mais “poderosa” – sem exagerar muito na maquiagem para não espantar o boy, claro – para combinar com o look “sensual”. E o batom? No meu dia a dia, eu AMO usar batons escuros e bem chamativos pra contrastar com essa pele cor de palmito que eu tenho.

Mas usar batom escuro num primeiro encontro? Jamais! Vai fazer o cara perder a vontade de te beijar, tá louca?!

Então me contentei em passar um batom clarinho, daqueles “cor de boca”, e lá fui eu pro meu primeiro encontro.

Ah, um pequeno detalhe que acho que ainda não mencionei: eu tenho preferência por caras nerds – porque, vamos ser honestos, eu sou meio nerd também. E esse cara, com quem eu iria sair naquele dia, era um deles.

E chegando lá, ele estava vestido como – adivinhem – um nerd! Você sabe, com um moletom despreocupado, calça jeans, o cabelo meio bagunçado e tal.

E eu, de cara, achei ele bonito daquele jeito mesmo. Sem tirar nem pôr!

Imagina se algum amigo dele tivesse falado “Ahhh não, mano, você não tá com cara de ‘garanhão’! Coloca aí uma camisa pólo de marca, passa um gel pra arrumar esse cabelo e puxa três quilos de peso em cada braço antes de sair de casa pra dar a impressão que você é mais sarado, senão essa mina não vai querer nada com você!”.

Eu teria me interessado por ele se ele tivesse aparecido desse jeito?

Posso te garantir que não.

Adivinhem por que?

Obviamente, porque não é meu estilo.

Resumindo o encontro, foi bem legal. Ficamos umas boas horas conversando e nem vimos o tempo passar. Descobrimos que temos muito em comum e tivemos uma noite agradável.

Na semana seguinte, ele me chamou para sair de novo.

E, dessa vez, eu confesso que nem me preocupei muito com a roupa que ia vestir, com a maquiagem, o sapato…

Eu simplesmente me vesti do jeito que estava afim e saí.

Coloquei uma calça jeans com sapatilhas, uma blusinha soltinha que não marcava nada no meu corpo (ou seja, não era nem de longe “sensual”), e fiz a maquiagem bem leve, porém, com um batom rosa escuro, no estilo que eu gosto e uso sempre.

O encontro, novamente, foi muito bom. Conversamos por horas, não vimos o tempo passar, e no final do encontro, ele me beijou.

Mesmo eu estando com um batom rosa escuro que, na teoria, espantaria qualquer cara.

A conclusão que eu cheguei foi: se um cara tiver que gostar de mim, ele vai gostar do jeito que eu sou. E pronto!

Ás vezes, nos prendemos a algumas regras que podem não se aplicar à nossa personalidade e ao nosso estilo. Quantas vezes já te disseram pra não ir de salto alto no primeiro encontro, porque se o cara ficar mais baixo que você ele vai se sentir desconfortável? Ou que você não pode ir nem com muita maquiagem – porque os homens “não gostam” – e nem com pouca maquiagem – pra não dar a impressão de que “está doente”? E até em relação às suas roupas, sendo que você não pode sair de casa sendo “santa” e nem “piriguete” demais.

Mas espera aí… Em um primeiro encontro, você irá passar uma primeira impressão para o cara que você está afim, certo? Então, por que não passar a impressão de quem eu sou de verdade? Afinal, eu quero que um cara goste de mim pelo que eu sou! Não faz sentido eu sair de casa para conhecer uma pessoa pela primeira vez sentindo-me desconfortável com o que estou usando e não me sentindo eu mesma.

Se eu estiver afim de fazer uma super produção no dia, com blusa de paetês e salto alto, vai ser assim que eu vou. Se eu estiver afim de ir usando o look que uso normalmente pra ir num cinema com meus pais, vai ser assim que eu vou. E seja o que Deus quiser!

Se o rapaz não gostar de você no primeiro encontro, não era pra gostar. Esteja você vestida de freira ou Mulher Gato, no final, a personalidade é o que vai contar (ainda bem, né?).

Ah, sobre o cara do encontro, a gente se fala até hoje. Não temos nenhum futuro como namorados nem nada do tipo, já que temos objetivos diferentes na vida e não daríamos certo, mas isso não impediu de nos tornarmos amigos. Então, a busca pelo “amor da minha vida” continua!

Vou ter um encontro no final de semana com um outro cara. Combinamos de ir ao cinema, e quando eu disse que estava afim de assistir um filme da Marvel, ele disse:

“Nossa, nem te conheço pessoalmente mas já estou te adorando!”

Depois dessa declaração, você acha mesmo que precisarei de horas escolhendo roupa e me maquiando antes desse encontro? 😉

 

ÚLTIMOS VÍDEOS DO CANAL